07/06/2008

"De perder a cabeça"

Olá mamas.
Isto por aqui vai como se custuma dizer "de perder a cabeça".
Na quinta a noite voltei a ter cólicas renais e dirigi-me as urgencias do centro de saúde, fiz analises a urina o que não acusou nada então o médico mandou-me tomar ben un ron e deu-me um antibiotico e mandou-me para casa.
Na sexta (ontem) ao inicio da tarde as dores tornaram-se insuportaveis ao ponto de quando respirava me doía, telefonei a minha médica e expliquei-lhe o que se passava, ela pediu-me que fosse imediatamente para Viana do castelo ao Hospital pois se eu tinha dores de rim e não tinha infecção que o antibiotico nunca iria fazer nada que eu tinha era de fazer uma ecografia renal.
E lá fui eu, telefonei ao Alex que ainda estava a trabalhar e contei-lhe, passado 5 minutos ja ele estava comigo e la fomos nós percorrer + de 100km para ser atendida por um medico.
Cheguei a Viana do castelo e depois de passar pelo processo de triagem lá me enviaram com a pulseira amarela para a obstetricia, chegado lá fui logo atendida ligaram-me ao ctg durante uns 25 minutos, nada de contracções, voltei a fazer analises e deu tudo normal, fiz a eco que confirmou mais uma x que a bebe esta de cabeça para baixo mas esta encostada ao lado oposto que me doi, por isso não é nenhuma pressão que ela possa estar a fazer no meu rim, ao fim de uma série de exames concluiram que são dores musculares e não dores renais.
Agora digam-me isto não é de perder a cabeça??? a mais de um mes que ando a queixar-me e colocaram-me sempre a antibioticos (que não fazem nada bem o meu bebe) e apontaram sempre para colicas renais e precisei de percorrer tanto km para me dizerem que são dores musculares???
Enfim... Em certas alturas temos é de ter paciencia.

Um comentário:

Lipa disse...

Espero que já estejas bem! Beijinhos!

Ana Sofia a Caminho